quinta-feira, 29 de novembro de 2012

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

We Heart It, uma rede social brasileira.

Sinto-me orgulhoso de informar às pessoas que não fazem parte dos 12 milhões de membros da rede We Heart It, que a rede social We Heart It  é brasileira, e já alcançou um considerável número de membros.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

O futuro da sua sala.

Hoje vou me citar como exemplo, embora tenha muitos amigos que também possuam hábitos sintonizados com os recursos tecnológicos atuais.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Mensagem anônima ao chefe.

Se você tem um chefe e quer enviar uma mensagem anônima para ele, já é possível através de um projeto criado pela empresa canadense Happiily.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

A era da informação e da imagem.

Parabéns, você alcançou o 3º milênio e é testemunha da concretização do que foi e do que não foi imaginado por nossos antepassados.

terça-feira, 3 de julho de 2012

terça-feira, 12 de junho de 2012

Protejam a Internet

A proposta da Internet, desde seus primeiros anos de vida, com netscape, AOL, Yahoo, Cadê de Gustavo Viberti entre grandes precursores. Foi a mutação dos BBS e hoje representa a maior maravilha do mundo.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

domingo, 6 de maio de 2012

Cultura Hacker

Existe um submundo, ou melhor, um mundo underground, onde circula assuntos, conteúdos e automações que vão além de redes sociais ou ao uso natural da Internet. Lá é possível encontrar seres identificados como hackers, os flagelos dos bancos e grandes corporações e organizações.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Jornalismo Artificial

Robôs jornalistas ganham espaço nos EUA., este foi o título do artigo que recebi aqui no Núcleo.


terça-feira, 17 de abril de 2012

A publicidade alcansa níveis fantásticos em nossa era.

Faço parte de uma equipe que aperfeiçoa diariamente uma rede publicitária, no objetivo de filtrar ao máximo o perfil do visitante. E assim conquistar melhores resultados para os patrocinadores.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Abrigo anti-apocalipse.

Bem, há algum tempo que as pessoas esperam o mundo acabar. Em nossa era, no ano 2.000 isso intensificou-se.


quinta-feira, 29 de março de 2012

segunda-feira, 26 de março de 2012

Garagem onde nasceu o Vale do Silício.


Como esse blog tem forte inclinação tecnológica, achei importante documentar as origens da HP.


Esse foi um x no mapa mundial onde a alquimia tecnológica alcançou grande impacto em nossa história.


O mundo está completamente mudado e a forma de pensar das pessoas está em plena transformação.


Um dos grandes culpados desta evolução são Bill Hewlett e Dave Packard. Garagem da HP é construção histórica em Palo Alto, local da fabricação do primeiro aparelho da empresa e onde começou o maior polo tecnológico do mundo.

Local foi reconhecido pela National Register of Historical Places, em 1989, como berço oficial do Vale do Silício e foi onde Bill Hewlett e Dave Packard começaram a HP.

Garagem foi recomprada pela empresa em 2000, revitalizada e transformada em museu, em 2005, pela HP.

O museu conta com objetos e documentos históricos e que registram o processo de desenvolvimento do primeiro produto da HP, o oscilador de áudio.

O museu não é aberto ao público, pois está localizado em uma zona residencial. Só é visitado em ocasiões especiais por funcionários e convidados.

Bill Hewlett e Dave Packard e o oscilador de áudio. Imagem de 1989 marca a ocasião da oficialização da garagem como "berço do Vale do Silício".

Localizado na Califórnia, a região do Vale do Silício é internacionalmente reconhecida por abrigar a sede das maiores companhias de tecnologia do planeta. O local é composto por várias cidades e uma delas em especial carrega o título de berço oficial do polo tecnológico, Palo Alto. A alcunha foi dada pelo órgão de patrimônio histórico americano, o National Register of Historical Places.

Foi lá que, em 1938, os estudantes de Stanford, Bill Hewlett e Dave Packard, deram início ao que se transformaria em um dos maiores nomes da tecnologia, a HP. Em uma pequena garagem nos fundos de uma propriedade e com apenas 538 dólares de investimento, a dupla fabricou o primeiro produto da história da HP, um dispositivo eletrônico que produz sons.

Em poucos meses, a HP já tinha o estúdio Walt Disney, por exemplo, como cliente e capital suficiente para procurar um lugar mais elaborado. Mesmo assim, a importância do que surgiu dentro da cabana de madeira não foi esquecida. Em 1989, a Garagem da HP se transformou em prédio histórico e é considerada a pedra fundamental da história não apenas do Vale do Silício, mas de todo o mundo da tecnologia.

 O local foi recomprado pela HP em 2000 e a empresa acabou por restaurá-lo e transformá-lo em um museu. Por se localizar em um bairro residencial, a visitação não é aberta ao público e fica reservada apenas a ocasiões especiais.

E foi assim que tudo começou...



Balchant




sábado, 24 de março de 2012

Escritores e profetas.

Encontrei um artigo muito legal de Ana Carolina Prado publicado pela revista Super Interessante.

Trata-se do imaginário que foi chamado a existência.


Esse conteúdo me chama a atenção, pois sou um observador da nossa história e alcancei alguma compreensão sobre a evolução da humanidade. Há momentos que me pego refletindo sobre objetos de uma tonelada flutuando nos céus, uma foto em um servidor no Canadá ser exibida no meu monitor em menos de um segundo ou uma música ser transferida de um computador pelo ar para o meu notebook. Reflito sobre coisas como essas e sinto-me participante de tudo isso. 

Nós somos a geração que pisou o futuro imaginado e não imaginado das gerações anteriores.
Nós estamos sempre escrevendo ou inventando uma nova história. Me pergunto, o que está reservado às próximas gerações...


Veja o texto de Ana Carolina.



Esqueça Nostradamus e aquele cara que disse que o mundo ia acabar em maio deste ano. As profecias mais acertadas sobre o futuro vieram dos escritores de ficção. Às vezes a exatidão de detalhes é impressionante, como no caso da ida do homem à Lua, antecipada por Júlio Verne. Alguns dos autores até reconheceram que fariam fortuna se tivessem patenteado algumas de suas invenções visionárias. Quer ver?

Júlio Verne (1828-1905)

Julio Verne foi um dos pioneiros do futurismo e previu a existência de viagens espaciais, submarinos, helicópteros e satélites. Em 1869, o escritor francês imaginou um submarino que utilizava um combustível eficiente e praticamente inesgotável. A ideia se concretizou em 1955, com o primeiro submarino de verdade movido por propulsão nuclear. Ele recebeu o nome de Nautilus em homenagem ao veículo descrito por Verne.

A descrição de uma viagem à Lua também foi quase profética: o livro Da Terra à Lua (1865) é praticamente um rascunho do que ocorreu de fato com o projeto americano Apollo, em 1969. A duração da jornada (97 horas na ficção e 103, na realidade), o número de tripulantes (três), os locais de lançamento (a Flórida) e de pouso (o Mar da Tranquilidade, na Lua), tudo parece ter sido previsto um século antes. A cápsula de Verne, em forma de bala, media 4,8m de altura e 2,7m de diâmetro. A Apollo media 3,7m de altura e 3,9m de diâmetro. Até mesmo o regresso à Terra, com o pouso no Pacífico e o resgate por um navio, é igual.


HG Wells ( 1866 – 1946)

A lista de invenções e ideias de Wells que se tornaram realidade é impressionante. Em Guerra dos Mundos (1898), ele descreve o laser e, em When the sleeper wakes (1899), fala de portas automáticas. Wells não descreveu especificamente o celular, mas falou de um futuro em que as pessoas usariam meios de comunicação sem fios e correios de voz em alguns de seus romances. Suas “previsões” sobre a guerra também foram impressionantes. Tanques, bombardeamentos aéreos e mesmo bombas nucleares já estavam descritos em seus livros.


Arthur C. Clarke (1917 – 2008)

Ele próprio confessa que teria ficado rico se tivesse patenteado a ideia dos satélites em órbita fixa ao redor da Terra. A sugestão foi apresentada em um artigo de 1945, como um meio de melhorar as telecomunicações. O conto A Sentinela (1951) deu origem a 2001: Uma Odisseia no Espaço, filme de 1968 de Stanley Kubrick sobre o supercomputador HAL 9000, que comanda uma espaçonave, adquire vontade própria e começa a eliminar os tripulantes. O filme prevê os computadores capazes de derrotar o homem no xadrez (coisa que aconteceu em 1997, quando um supercomputador da IBM bateu o campeão de xadrez Gari Kasparov em um tira-teima) e mostra uma cidade orbital quase igual à Estação Espacial Internacional.

Até o iPad já tinha sido “previsto” por Clarke. No livro 2001, escrito em 1968, baseado no script que ele escreveu para o filme de Stanley Kubrick, o protagonista utiliza algo chamado Newspad, um computador usado basicamente para exibir conteúdo como jornais, atualizados automaticamente, durante uma viagem.


Cyrano de Bergerac (1619 – 1655)

O escritor e duelista francês existiu de verdade e, sim, tinha um enorme nariz (mas isso não é relevante). Em pleno século 17, ele descreveu em uma de suas obras algo que se parecia com um gravador: uma caixa que permitia “ler com as orelhas”. E vai mais longe: em Viagem à lua (1650), ele fala de uma nave dividida em várias partes que se queimavam sucessivamente, até situar a cápsula tripulada em órbita. Parece familiar? A ideia foi retomada por Julio Verne em Da Terra à Lua, de 1865.


Aldous Huxley (1894-1963)

A obra mais famosa do escritor inglês, Admirável Mundo Novo (1932), descreve um cenário sombrio em que a casta dirigente recorre à lavagem cerebral e à manipulação genética para manter a população idiota. O livro prevê a liberação sexual dos anos 60, as drogas químicas, a clonagem e até a realidade virtual, que ali aparece com o nome de cinema-sensível. Fora todas as outras associações possíveis entre o “mundo novo” de Huxley e o nosso.


Geoffrey Hoyle (1942)

O escritor britânico nascido em 1942 escreveu o livro 2010: Living in the Future em 1972 e antecipou boa parte da tecnologia do século 21. Webcams, compras pela internet, ensino à distância, bibliotecas digitais, estava tudo lá. Olha a descrição de uma sala com acervo digital em uma biblioteca do futuro: “Os livros, filmes e jornais estão todos armazenados no computador da biblioteca. Primeiro você acessa o índice de biblioteca. Este arquivo contém todos os livros que já foram escritos. Não importa se eles foram primeiro escritos em chinês ou francês. Eles vão estar aqui, traduzidos para o Inglês. Há também um índice de filmes e jornais.”

Na descrição de Hoyle, você pode até virar as páginas usando botões e acessar qualquer livro em sua própria casa. Ele previu até o déficit de atenção das pessoas do futuro: “Enquanto você está na biblioteca, você pode querer ver alguns filmes de viagem para lhe ajudar a decidir para onde irá nas próximas férias. (…) Até mesmo se você estiver sozinho em sua casa, você pode conversar com seus amigos durante a aula. É só digitar o número de um amigo e o seu rosto aparece no canto da tela”. Gente!

Dá para ler o livro nesse tumblr (em inglês): http://2010book.tumblr.com/


George Orwell (1903 – 1950)

A expressão Big Brother surgiu no romance 1984 (1948), em que o autor britânico antevê as paranoias que se tornariam realidade com as câmeras de vigilância espalhadas hoje por todo lado. O adjetivo “orwelliano” cabe a todo regime totalitário que altera fatos históricos a seu favor e só acredita na paz por meio da guerra. Fora que o autor inspirou um dos reality shows mais famosos do mundo.


Ray Bradbury (1920)

No livro Fahrenheit 451 (de 1953), Bradbury imagina os EUA dos anos 90 como uma sociedade hedonista e anti-intelectual, onde é proibido ler livros. Nesse mundo, todo trabalhador sonha em comprar sua “televisão de parede”, uma sala com projeções 3D e um sistema de som multicanal, onde as pessoas se sentem imersas na transmissão de espetáculos musicais ou competições que testam seu conhecimento sobre cultura popular, e onde os atores de suas séries preferidas são chamados de família. Detalhe: quando Fahrenheit foi lançado, em 1953, a televisão colorida havia sido lançada nos EUA fazia apenas 3 anos e ainda era extremamente cara. Tecnologias como o laserdisc e sistemas de som multicanal, que iriam tornar possível os home theaters, só surgiram na década de 1980. E o melhor: Bradbury ainda está bem vivo e já viu suas previsões acontecerem.


Johann Wolfgang von Goethe (1749 – 1832)

Além da literatura, Goethe se interessava muito por ciência e deixou trabalhos importantes em campos como botânica, física, química e até meteorologia. E ele previu um retrato acertado sobre o mundo atual também. Em Fausto, Goethe antecipou a questão ambiental que o homem enfrenta hoje, destruindo a natureza em prol de um suposto desenvolvimento da civilização. No romance Os anos de peregrinação de Wilhelm Meister, ele cunhou o termo ‘velocífero’, mistura das palavras “velocidade” e “Lúcifer”, para se referir a um mundo frenético de velocidade demoníaca.





Balchant



sexta-feira, 23 de março de 2012

Albert Einstein como você nunca viu.

Eu sabia que Einstein desenvolveu extensas pesquisas, mas não imaginava algo tão extenso assim.


Bem,  foi lançado no dia 14 de março deste ano, data em que Einstein comemoraria 133 anos, o projeto do site com rico conteúdo sobre a vida e a obra do judeu alemão Albert Einstein.

Segue dados valiosos para os admiradores do gênio.


Os arquivos completos de Albert Einstein estão disponíveis online pela primeira vez na Universidade Hebraica de Jerusalém. O projeto “The Collected Papers of Albert Einstein” reuniu mais de 80 mil arquivos, que estão divididos em cinco categorias: vida pessoal, ciência, trabalho como co-fundador da Universidade Hebraica, vida pública e relacionamento com o povo judeu.


A galeria online tem recursos interativos e os usuários podem navegar pelos diferentes itens das categorias. Na seção de vida pessoal, por exemplo, é possível visualizar o diploma de Einstein do Ensino Médio, um diário de viagem do cientista pelos Estados Unidos e um cartão postal que ele escreveu para sua mãe. A Universidade Hebraica e o Instituto de Tecnologia da Califórnia (CalTech) começaram a digitalizar os arquivos de Einstein há alguns anos.


De acordo com Dalia Mendelsson, gerente do “The Collected Papers of Albert Einstein”, a interatividade é o coração do projeto. “Com isso, o conteúdo dos arquivos pode ser explorado através de uma interface amigável, feita especialmente para este propósito”, disse. A melhor parte é que você pode usar o zoom para ver detalhes dos documentos históricos e ver bem de perto os traços da personalidade e da carreira de Einstein. Isso se você souber falar alemão, é claro.



http://www.alberteinstein.info/gallery/







Balchant

quinta-feira, 22 de março de 2012

iPad - Resposta a algumas dúvidas.

Post para a turma que acabou de adiquirir seu novo iPad

Segue abaixo pequena FAQ sobre iPad.

I - No módulo Música do iPad, os CDs ficam por ordem com o nome do CD, é possível deixar por ordem pelo nome da banda?

Preste atenção nos botões ali de baixo:
Listas / Músicas / Artistas / Álbuns / Mais > Gênero / Compositores / Podcasts
Cada um deles tem sua utilidade para organizar a biblioteca.

II - Os Apps quando não são usados consomem bateria? Tenho a impressão de que a bateria esta terminando mais depressa depois que tenho vários Apps.

Se você deixar eles abertos sim.
Para fechar os aplicativos aperte 2x no botão Home.
Abrirá a barrinha mostrando os apps que estão abertos.
Toque em qualquer um deles e mantenha pressionado até todos começarem a tremer, logo pressione em cada um deles o botão (-) encima de cada ícone.

III - Comprei um jogo na AppStore Argentina e ainda não chegou o recibo por email. Isso é normal?

Sim, demora alguns dias, pode demorar até uma semana.
 Não se preocupe, pois virá a cobrança.

IV
- Tenho WiFi em casa e um chip 3G também. Você saberia me dizer como acessar diretamente minha rede local, em lugar do 3G, mesmo estando com o chip no iPad?

Se você já tem o WiFi configurado ele sempre vai priorizar o WiFi.
Para configurar vá em ajustes, WiFi e selecione a rede.
 Depois tudo funcionará sozinho.

V
- Como faço para excluir um contato no iPad?

Selecione o contato, aperte em editar, role até o final e aperte em apagar contato.

VI
- Gostaria de saber se existe alguma webcam que possa estar usando no meu iPad?

Não, iPad com câmera somente o iPad 2!

VII
- Toda vez que baixo um App preciso inserir a senha, tem como deixar ela gravada ou é assim mesmo?

É assim mesmo, é a segurança de que se alguém pegar seu iPad você não vai chorar quando a fatura do seu cartão de crédito chegar!

VIII - A bateria do iPad vicia se eu carregar antes dela terminar?

Não, a única recomendação é realizar 1 ciclo completo por mês.
 Ou seja, deixar acabar a bateria e carregar por pelo menos 4 horas antes usar.

IX
- Meu aplicativo Mail apagou minhas mensagens da caixa de entrada sem eu pedir? Já uso há 3 meses e tinha várias que eram importantes…

Ele não apagou, o iPad armazena por um tempo determinado as mensagens, procure no seu servidor, os emails estarão lá.

X
- Não consigo fazer downloads de Apps maiores de 20mb via 3G? Tenho mesmo que ter uma internet wi-fi?

O peso máximo para download de Apps via 3G é 20mb.
 Realmente você deverá se conectar à rede wifi.

XI
- Existe algum problema em deixar o iPad carregando a noite toda?

Não, sempre deixo o meu também e não há problema.

XII
- A internet no iPad, fica mais devagar usando o ponto de acesso através do iPhone?

Depende da velocidade da conexão do seu iPhone.

XIII
- Quero saber se o meu iPad veio com defeito, quando eu ligo só aparece o cabo UBS e o ícone do iTunes!

Não ele não veio com defeito.
Este símbolo significa: Conecte seu iPad no computador via cabo USB.
 Você deverá ter o programa iTunes (responsável por administrar o iPad, instalado no computador e aberto).

Para baixar o iTunes:
apple.com/itunes/

Depois de baixar e instalar, abra o programa e conecte seu iPad na porta USB do computador.
 Logo após, siga as instruções da tela.

XIV
- Posso compartilhar a conexão 3G do iPad com outros aparelhos?

Não, essa opção só é permitida no iPhone (do iPhone para o iPad por exemplo), não existe forma de compartilhar o sinal de internet 3G do iPad com seu computador, netbook, iPhone ou qualquer outro aparelho.

XV
- Será que existe algum risco de comprar na AppStore Argentina? Cancelar cartão, etc?

Quem poderá cancelar seu cartão?
Não há risco algum, uma vez que o App está em seu iPad ninguém nunca mais tirará ele de você.
 Tenho comprado jogos frequentemente sem problemas.

Mas compre lá somente jogos, prefira utilizar sua conta brasileira para aplicativos.

XVI
- Para comprar na AppStore Argentina preciso ter cartão internacional ou não?

Sim, todas as compras na AppStore independente do país são feitas na Califórnia – EUA (inclusive a AppStore do Brasil).

XVII
- Tem como deixar a barra de favoritos do Safari sempre sendo mostrada na tela?

Tem sim.
 Você deve ir ao App Ajustes, Safari e ativar Mostrar Barra de Favoritos.

E os favoritos que você deseja incluir ali você deve escolher a pasta Barra de Favoritos no Safari na hora de adicionar.

XVIII
- Com a atualização para o iOS para 4.3 será possível espelhar a imagem do iPad 1, da mesma forma que se faz no iPad 2?

Não esta não é uma função do iOS, mas sim uma função do iPad 2.

XIX
- O iPad deve estar desligado para ser carregado pela tomada?

O iPad não permite ser carregado desligado, você pode desligar ele, mas ao conectar ele vai ligar sozinho.
 Ou seja, ele sempre é carregado ligado.

XX
- Gostaria de saber se instalar o Gestures mudando os códigos do ibackupBpt pode danificar o iPad. Poderia fazer um post sobre isso?

Não estão no escopo este tipo de modificações, muito menos Jailbreak e tudo o que possa danificar o iPad dos nossos visitantes.

Não podemos lhe afirmar que vai danificar, mas estou certo, de que se você errar uma vírgula na modificação que fizer, será suficiente para fazer dele uma tábua de cortar carnes.

Preferimos manter a garantia e seguir os termos de uso feitos pela Apple e jamais recomendamos neste blog algo que possa danificar qualquer aparelho.

XXI
- Como eu posso baixar um vídeo do YouTube no meu iPad?

O YouTube não permite download de seus vídeos, isso infringe as regras de uso do site.
 Alguns Apps já tentaram burlar isso, mas quando a Apple se dá conta do furo estes mesmos Apps são retirados imediatamente da loja.

XXII
- No bloqueio com código, o que exatamente será apagado após 10 senhas incorretas?

Todo o conteúdo do seu iPad, ele será “formatado”, você perde absolutamente tudo, ele volta a ficar como original de fábrica recém tirado da caixa.



Balchant


10 fontes para baixar música legalmente.

Antes de mais nada, saiba que são sites legalmente gratuitos.



Segue dica de fontes de musicas entre outras coisas para baixar:


I - The Internet Archive
Para quem gosta de música erudita, jazz e coisas mais ‘sérias’, essa é uma boa pedida. Além do acervo de música para download, o site também oferece músicas em creative commons, livros, filmes e audiobooks.

II - Indie Rock Café
Além de um blog de música, o Café disponibiliza faixas e álbuns de bandas independentes que estão saindo do forno. Para quem gosta de indie rock, é bacana acompanhar o site, que põe muita revista de música no chinelo. Se você estiver atrás apenas de downloads, use o campo de busca – o site não é lá muito organizado.

III - Epitonic
Esse site surgiu em 1999 e foi um dos primeiros a aproveitar o potencial da internet como um jeito de divulgar novas bandas. Depois de fechar em 2004, o Epitonic reabriu em 2011 – e, dessa vez, com material de gente mais famosa – como The Strokes e Peaches -, o acervo está dividido em playlists de artistas, álbuns, gravadoras, estilos e pelo gosto musical dos editores.

IV - Jamendo
O acervo é completamente royalty free. Ou seja, você pode baixar à vontade bandas independentes do mundo todo, incluindo a presença forte de artistas brasileiros! O site pode ser visualizado em sete idiomas, inclusive português, o que é uma mão na roda se você não souber falar inglês. Quem tem banda também pode criar uma conta e compartilhar suas composições.

V - Mp3.com
Como o próprio nome já diz, esse site é dedicado ao formato mp3. Todo dia, eles liberam faixas para download gratuito e tentam agradar todo mundo: as opções diárias incluem country, hip hop, rock e pop. Mas preste atenção no que você vai baixar – alguns dos serviços são pagos!

VI - It’s Free Downloads
O site acompanha as promoções do iTunes e todo dia divulga o que está disponível para download gratuito na plataforma da Apple. Perfeito para quem tem iPod, iPad, iPhone, iTudo, quer se manter na legalidade, mas não tem paciência para ficar vendo tudo que acontece na Apple Store.

VII - Unsigned Band Web 
O acervo inclui bandas 100% independentes, ou seja, que não têm contrato com gravadora alguma. Tem música para todos os gostos – e talvez demore um pouco até você descobrir algo que valha a pena e que se encaixe no seu gosto. Democracia musical tem dessas: nem tudo que reluz é estatueta do Grammy.

VIII - bt.etree
O ponto forte deste site são as gravações ao vivo de artistas favoráveis ao download e compartilhamento gratuito de músicas. Alguns pesos pesados, como o Radiohead, disponibilizaram shows para que os fãs pudessem baixar no site. Algumas gravações são melhores que as outras, mas sempre rola aquela emoção de ouvir a galera cantando com a banda. Se você prefere versões de estúdio, passe longe.

IX - Soundclick
O acervo é bem extenso e eles montam tabelas com as músicas que são mais baixadas, indicando se elas subiram, desceram ou permaneceram na mesma posição no ranking. Dá para acompanhar tabelas gerais e em muitas subcategorias, como Happy Hardcore (quem explica?!).

X - DMusic
Mais uma vez, os ecléticos saem ganhando: as músicas deste site são organizadas em paradas de sucessos para cada estilo. Periodicamente, o site realiza competições entre as bandas levando em conta vários critérios – como o concurso para escolher a melhor música gótica. Também tem clipes das bandas postados direto do YouTube.




Balchant




quarta-feira, 21 de março de 2012

A ciência e Amélie Poulain.

Chegou uma matéria muito legal no núcleo hoje.



Gnomo viaja pelo mundo para testar a gravidade. Notícia de Vanessa Daraya da Revista Info.
Bem, a notícia trata de provas de que a gravidade exerce diferente pressão sobre o globo terrestre, assunto muito interessante.


Kern, um anão de jardim da The Gnome Experiment, viaja pelo mundo com o objetivo de medir a velocidade em todos os cantos do planeta.
Para isso, em cada lugar que Kern chega, o colocam na balança e tiram fotos. O objetivo da experiência é demonstrar que a gravidade terrestre não é exercida com a mesma intensidade em todo o globo terrestre.




Bem, quero aqui só conectar uma informação importante e já identificada pelos cinéfilos.


A ideia do anão de jardim provavelmente foi inspirada no filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain dirigido por Jean-Pierre Jeunet, diretor que muito admiro.


No filme, Amélie vive com seu pai, que após a morte de sua mãe, só tem tempo para o anão de seu jardim.


Amélie sequestra o anão pede um favor inusitado a uma amiga que exerce função de aeromoça, que leve consigo o anão e tire fotos por onde passar.


A amiga envia cada foto para o endereço de Amélie em forma de postal. Seu pai que tem o anão por perdido, fica muito pensativo sempre que recebe as fotos de seu anão de jardim...


Abaixo, segue notícias completa:



Gnomo viaja pelo mundo para testar a gravidade.



Kern, um anão de jardim da The Gnome Experiment, viaja pelo mundo com o objetivo de medir a velocidade em todos os cantos do planeta.
Para isso, em cada lugar que Kern chega, o colocam na balança e tiram fotos. O objetivo da experiência é demonstrar que a gravidade terrestre não é exercida com a mesma intensidade em todo o globo terrestre.

Até agora, Kern já visitou Lima, Mumbai, Cidade do México, Durban, São Francisco, Nova Caledônia (no sudoeste do Oceano Pacífico), Sydney e o Polo Sul. O anão pesava 307,56 gramas quando passou por Mumbai, na Índia. Quando passou pela Antártica, a balança acusou 309,82 gramas. Portanto, qualquer pessoa pesaria mais no Polo Sul do que em qualquer outro lugar do planeta.
Essa diferença de peso acontece porque a terra é achatada nos polos. Por isso, os corpos pesam até 0,5% a mais ou a menos de acordo com o local da superfície terrestre onde a pessoa está.
The Gnome Experiment é um projeto financiado pela Kern & Sohn, um fabricante alemão de pesos de precisão, que queria fazer publicidade de seus produtos. Para isso, a empresa teve a ideia de viajar com o anão e ainda faz experimentos importantes para a física.
Em breve, Kern chegará a Snolab, um centro canadense consagrado no estudo de partículas. O centro está a dois quilômetros abaixo da superfície da Terra, o que faz dele o laboratório mais profundo do mundo. Depois, ele visitará o LHC (Grande Colisor de Hádrons), o maior acelerador de partículas do planeta, no CERN (Organização Europeia de Pesquisa Nuclear), em Genebra, na Suíça.










Balchant


terça-feira, 20 de março de 2012

Pense, teletransporte já existe.

Quando paramos para pensar em rádios, celulares e Wirelless, identificamos ai o teletransporte de informações, ou melhor teletransporte reprodutor de informações.


Mas a ideia não para...

Veja, já existe teletransporte no mundo microscópico de átomos e fótons (micropartículas que formam a luz) .


Por  enquanto, esse caminho de teletransporte, em sua proposta original serve ao mundo microscópico de átomos e fótons. E olha que eles já estão indo bem longe.  Uma equipe da Universidade de Ciência e Tecnologia da China em  experimentos conseguiam, há algum tempo,  estabelecer este tipo de teletransporte a alguns metros. E desde 2010, conseguiram a façanha de teletransportar fótons a 16 quilômetros de distância.

Para a ciência, o teletransporte não é exatamente desaparecer em um lugar para reaparecer no outro. O que é teletransportado são informações sobre os estados físicos das partículas. Você muda uma partícula aqui e a outra simplesmente muda junto, adquirindo todas as propriedades da primeira. Isso tudo acontece de uma forma misteriosa, sem que exista um deslocamento por meio físico. “Ocorre um armazenamento de informações”, diz o físico Vanderlei Bagnato, da USP, um dos pesquisadores do assunto no Brasil.

E pra que serve isso? Esse mecanismo dinâmico de teletransportar informações poderá no futuro substituir os computadores que temos por outros muito mais rápidos. Usando átomos e fótons para passar dados, “a quantidade de informações transmitidas é maior e facilita uma grande fatoração de números”, diz Stephen Walborn, professor de física quântica da UFRJ.

 O uso na chamada computação quântica — que cientistas acreditam ser coisa para daqui a 15 anos — conta com projetos de vários laboratórios do mundo e é também a aposta para a criação de sistemas de criptografia mais seguros. Com esse sistema a ação de um hacker seria bem mais difícil, por exemplo. E tudo isso com alta velocidade.



É importante observar que além deste anseio, certamente que o teletransporte ganhará outras formas... o mundo está mudando com essa explosão de tecnologias.



Balchant

segunda-feira, 19 de março de 2012

Para acesso de dados de pacientes, médicos franceses já utilizam QR Code

Meu pai (LCBF) usou uma expressão que achei que se aplica ao momento. "recursos tecnológicos e Internet ainda são subutilizados".


Verdade, acredito que (nós, o mundo) estamos entrando em um momento de assimilação e aplicação de tantos recursos, ainda invisíveis a maioria de nós.


Para ilustrar este raciocínio, trago uma notícia muito interessante da PE&GN.


A França encontrou uma forma interessante de utilizar QR Code na área médica. O Code d´Urgence é um serviço que permite aos médicos ter acesso imediato ao histórico de seus pacientes. 

Funciona de uma maneira bem simples. Os interessados pela ferramenta devem preencher um formulário médico e fazer o cadastro. As informações são armazenadas em um servidor seguro, aprovado pelo Ministério da Saúde. A empresa, então, envia cerca de dez etiquetas com o código para que o usuário cole onde quiser, como capacetes, relógios, telefones celulares ou quadros de bicicletas.

Em caso de alguma emergência, os médicos fazem a leitura do código e têm acesso à ficha do paciente. Para a utilização do serviço, só é preciso ter um smartphone e desembolsar 36 euros (R$ 85) por ano. A princípio, a ferramenta está disponível apenas na França.


Confira no vídeo abaixo (em francês) como o código funciona.



Balchant

sábado, 17 de março de 2012

Instalação do Windows 7 via pen drive.

Dica para o pessoal que ficou sem recurso prático de instalação de mídia no computador.
A ideia é mandar o sistema para um pen drive.

É importante observar que o pendrive tem que ter, ao menos, 4 GB de espaço e formatado no padrão NTFS.

Insira o pen drive na USB do seu computador. 
No Windows XP ou Vista, abra o Prompt de Comando ou a caixa Executar e tecle diskpart. Na janela que surge, digite list disk. Localize o número correspondente ao pen drive e digite os comandos abaixo, substituindo K pela unidade referente ao pen drive:

select disk K
clean
create partition primary
select partition 1
active
format fs=NTFS
assign
exit


Agora abra o Prompt de Comando e navegue à pasta boot no DVD do Windows 7. Rode o comando bootsect /nt60 K:, substituindo K pela letra que identifica o pen drive. Depois, é só copiar o conteúdo do DVD do Windows 7 para o pen drive e fazer o boot por meio dele no seu computador.




Fica ai mais essa dica que vai ser bem útil para pessoal do netbook ou notebook e computador de mesa com o leitor de mídia danificado.


Balchant

sexta-feira, 16 de março de 2012

Atalhos para usar no Facebook.

Segue dica para usuários do Facebook.


O Facebook incorporou uma série de teclas de atalho para otimização, que automatizam a chamada de recursos, como pesquisa, caixa de mensagens e outros.

Por exemplo, para curtir uma foto, basta usar a tecla L em vez de clicar sobre o botão curtir.


Veja o uso dos comandos:

Para WINDOWS

No Firefox: Segure Shift + Alt + Atalho
No Chrome: Segure Alt + Atalho 
No Explorer 9: Segure Alt + Atalho  + Enter


Para MAC

No Firefox : Segure Control +  Atalho 
No Chrome: Segure Control + Option +   Atalho
No Safari: Segure Control + Option + Atalho 


Teclas de atalho

• 1 : página inicial
• 2 : Exibir Timeline / perfil
• 3 : Amigos
• 4 : Mensagens
• 5 : Notificações
• 6 : Configurações gerais de conta
• 7 : Configurações de privacidade
• 8 : Timeline do Facebook
• 9 : termos de uso
• 0 : central de ajuda
• m : nova mensagem
• ? : busca


Em modo de exibição de fotos:

• Apenas L para curtir ou descurtir fotos
• Apenas teclas direcionais direita e esquerda para avançar ou retroceder a navegação em um álbum de fotos.



Vale a pena usar.

Balchant